Reaproveitamento de móveis.

 

Quando falamos de arquitetura sustentável não se trata somente de energia solar ou de diminuir o consumo de água.

 

Muita coisa boa é jogada fora e pode integrar novos projetos. Móveis, por exemplo, têm vida útil mais longa e podem ser reformados. Será que é preciso comprar tudo novo e gerar mais impacto no meio ambiente? Leve isso em consideração antes de ir às compras. Você pode se surpreender com as novas combinações que peças antigas podem gerar.

 
 
_MG_1626.jpg
 

Os 2 puffs em couro marrom na verdade já foram um sofá de um cliente que, ao optar por  um sofá novo na reforma de seu apartamento, iria dispensar o antigo. Sugerimos então que transformassem o sofá antigo em 2 pufes com revestimento em couro envelhecido.

 
 
FLG_8382.jpg
 

Peças já existentes no acervo dos clientes contam uma história e devem ser aproveitadas de lar em lar, como esta cômoda antiga, herança de família e que habita perfeitamente ao lado de outros móveis contemporâneos e novos.

 
 
_25I9116.jpg
 

A chaise Barcelona e as cadeiras de jantar BRNO, todas clássicos do designer Mies Van der Rohe, vieram do antigo apartamento da cliente, que queria se desfazer das peças por achar que as mesmas já estão muito “batidas”, pois são muito usadas em projetos comerciais. A convencemos a ficar com elas, e prometemos que seriam totalmente repaginadas. Revestimos com lona de caminhão reciclada na cor cru  e couro natural  tipo solado, bem grosso.

 
cristian firmino